segunda-feira, 12 de maio de 2008

Douradas...

Uma vez que estamos em plena época de Douradas, deixo-vos com este video para comentarem á vossa vontade...



Depois de 10 minutos de video os peixes continuavam a sair...pelo que li na net, saíram pelo menos 9 toneladas...
Onde é que vamos parar???

7 comentários:

Sam disse...

espanhois dum cabrón... limpam-me as douradas todas !

Sargollini disse...

O problema não é só dos Espanhois,Portugueses, Italianos,Chineses ...
O problema é que todos sacam o máximo que conseguem e nimguém faz nada para assegurar o futuro das espécies...
Todos nós sabemos que cada vez ha menos peixe, mas o que é que fazemos para contrariar essa situação ???
Eu sei que nós os Ludicos da pesca pouco pudemos fazer mas alguma coisa temos que fazer e URGENTE !

Um abraço
Sérgio

António Matos disse...

O que temos a fazer?

Tu já fizeste a tua parte ao mostrar aqui o Vídeo.

E não é só os pescadores lúdicos que se devem revoltar ao ver imagens deste calibre, é todo o cidadão consciente, todos os que querem uma terra viva e de boa saúde.

Agora o que fazer para mudar?

Divulgar atentados deste tipo. Haver vontade política.

Eu faço a minha parte mostro aos meu familiares e amigos para que eles não metam a cabeça debaixo da terra como a avestruz, e passem a andar mais informados dos estragos que o homem provoca, neste caso com uma pesca muito pouco sustentável.


Abraço

Fernando disse...

manda huevos y con estos asi como vamos a pescar alguna, estos son como los de las 20 tn de lubina el año pasado en galicia

Pedro Russo Baião disse...

Que matança....isto revolta-me!

Anónimo disse...

Boas,
No geral os pescadores profissionais são uns fussangas, dizimam tudo o que puderem. Não sabem, nem querem saber gerir os recursos marinhos. Estes então foram mesmo otários. Se tivessem apanhado 1/4 daquilo tinham ganho mais. Faço ideia a como saiu o kg na lota.
Fica bem

tpsk disse...

Muito triste. O resultado da ganância, a ignorância ea permissividade de leilões, irmandades e autoridades.
Eles pescadores andaluzes, mas a mesma coisa acontece com os galegos, os bascos e asturianos e pouco que nos resta exquilmar.

Uma pena.

Enviar um comentário